Vevela le Fala

Em Samoa, as esteiras (fala) são uma parte importante da cultura. O conceito de Vevela le Fala (literalmente "esteira quente") é dar espaço para as pessoas falarem verdades sobre o grupo de forma honesta. Isso pode ser usado como um instrumento de resolução de conflitos ou uma chance de fazer uma reflexão profunda.

Duração: 45 minutos a 2 horas Tamanho do grupo: Mais de 10 pessoas

Esse conceito inclui selecionar um número de indivíduos (não é recomendável mais que cinco) para compartilhar a mesma experiência. Esses indivíduos devem representar várias perspectivas (diferentes papéis da organização ou identidades). As mesmas perguntas serão feitas a todos eles, revelando diferentes maneiras de entender a situação.

Embora o conceito seja simples, não se iluda sobre quão profundo pode ser a troca de experiências.

Inicia-se criando uma espaço físico para os indivíduos contarem suas histórias. Caso você tenha um tapetinho, estique-o. Caso contrário, crie um espaço na sala onde todos possam presenciar a troca. Essa atividade depende muito da presença do facilitador, que deve fazer de tudo para se preparar para ser um ouvinte atencioso e disponível.

O facilitador pede que todos os entrevistados saiam da sala. (Já foi solicitada a permissão para participarem da atividade.)

O facilitador traz à sala um entrevistado de cada vez. Ao agradecer a eles pela participação, são feitas as mesmas perguntas. Por exemplo:

            (refletindo sobre a eficácia da ação)

  • Para você, quais foram os principais objetivos do evento do último fim de semana?
  • Qual foi o seu papel?
  • Conte-nos sobre um período em que você encarou desafios durante o evento.
  • De que maneira você alcançou seus objetivos?
  • Pensando sobre seu papel, o que você teria feito diferente para alcançar seus objetivos de maneira mais eficaz?
  • Qual foi a maior lição que você aprendeu com o evento?

Ou,

            (refletindo sobre uma tomada de decisão que levou a uma ação)

  • Qual seu nome e em que área da empresa você trabalha?
  • Qual foi o destaque da ação recente?
  • Como aconteceu a decisão de fazer a ação recente?
  • Quais foram os dois maiores desafios para você em relação à ação?
  • Se você pudesse mudar algo sobre a tomada de decisão da ação, o que seria?

Escute bem cada resposta, encorajando o público a abrir seu coração a essa perspectiva (mas não faça perguntas nessa etapa).

Quando a pessoa tiver terminado, agradeça a ela, peça que saia e convide o próximo entrevistado. Dessa maneira, os entrevistados não escutam as respostas uns dos outros. Embora isso possa parecer estranho, é a chave para que as respostas reflitam realmente a perspectiva do indivíduo.

Depois que todos os entrevistados tiverem falado, peça ao grupo que pense em perguntas que gostariam de fazer. Em seguida, os entrevistados entrarão de volta na sala e se tornarão palestrantes. As perguntas podem ser específicas sobre o tema já abordado ou sobre outros assuntos que não foram discutidos.

(Se for um grupo muito grande, você pode dividi-lo em grupos menores.) Peça que escrevam as perguntas em pedaços de papel.

Com os palestrantes sentados na frente da sala, selecione e faça várias perguntas a eles. Faça isso enquanto tiver tempo e energia.

Finalize com um ritual adequado e agradeça aos palestrantes, lembrando que eles se abriram de forma vulnerável e intensa.


Incorporar este recurso: